Para realizar a Transferência de Propriedade, é necessário um documento chamado Autorização para Transferência de Propriedade (ATPV), que será assinado pelo comprador e pelo vendedor do veículo.

É possível fazer a Transferência de Propriedade de duas formas:

  • Formato Digital (Venda Digital) sem etapa do cartório
  • Atendimento presencial com etapa do cartório

Importante

Mesmo que seja no formato digital, as duas últimas etapas da Transferência de Propriedade são feitas presencialmente: Vistoria e Atendimento pós-vistoria. 

Informações sobre Vistoria aqui.

Selecione abaixo o tipo de veículo para o qual será feito o serviço de Transferência de Propriedade:

  • Outros tipos de veículo

  • Veículo de proprietário falecido

  • Veículo de aluguel do município de Paulista

  • Veículo de leilão

  • Veículo de autoescola

Outros tipos de veículo

Preenchimento e assinatura eletrônicos da ATPV por meio do aplicativo CDT

seta

Vistoria do veículo

seta

Atendimento pós-vistoria

Preenchimento da ATPV impressa

seta

Etapa no cartório (assinaturas e reconhecimento de firma)

seta

Vistoria do veículo

seta

Atendimento pós-vistoria

A Autorização para Transferência de Propriedade (ATPV), documento necessário para realizar a Transferência da Propriedade, pode ser assinada eletronicamente pelo comprador e pelo vendedor do veículo, por meio do aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT).

Saiba se você está apto a realizar a Venda Digital e como fazer, clicando aqui.

Depois da assinatura digital da ATPV, o comprador deve realizar a Vistoria do veículo e agendar o atendimento pós-vistoria para o DETRAN-PE.

O vendedor deverá providenciar a ATPV impressa. Agende, clicando aqui.

O comprador e o vendedor do veículo devem se dirigir ao cartório para assinar a ATPV e fazer o reconhecimento de firma das assinaturas por autenticidade.

Depois da etapa do cartório, o comprador deve realizar a Vistoria do veículo e agendar o atendimento pós-vistoria para o DETRAN-PE.

  • Autorização para Transferência de Propriedade (ATPV). Saiba como obter a ATPV, clicando aqui.
  • Original e cópia de documento oficial de identificação, contendo foto, em bom estado de conservação e CPF. No caso de empresa e outros tipos de Pessoa Jurídica, acrescentar o CNPJ com contrato social ou estatuto e ata de nomeação da diretoria (original e cópia). 
  • Comprovante de residência atualizado. 
  • Laudo de vistoria do DETRAN-PE. 
  • Caso o valor do veículo seja superior a R$ 73.161,88 (setenta e três mil cento e sessenta e um reais e oitenta e oito centavos), é exigida Certidão Negativa de Débito (CND) da empresa conforme Portaria Interministerial MPS/MF Nº 477/2021, publicada no D.O.U em 13/01/2021). Para obter a CND, acesse o site da Receita Federal. 
  • Outros documentos que forem necessários, a critério do DETRAN-PE.

No caso de veículos de outro estado, o procedimento é basicamente o mesmo. Será necessário acrescentar à lista de documentos necessários, laudo de vistoria da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos.

Confira o calendário de vistoria da Delegacia de Roubos e Furtos, clicando aqui.

Depois da assinatura digital da ATPV, impressa ou digital, o comprador deve realizar a Vistoria do veículo e agendar o atendimento pós-vistoria para a sede do DETRAN-PE ou para uma das Circunscrições Regionais de Trânsito Especiais (CIRETRANs Especiais). 

A Transferência de Propriedade deve ser realizada por quem comprou o veículo, em no máximo 30 dias, contados a partir da data da assinatura da ATPV. Caso isso não aconteça, o comprador do veículo receberá uma multa aplicada pelo sistema do DETRAN-PE.

No caso de veículos de outro estado, o procedimento é basicamente o mesmo. Será necessário acrescentar à lista de documentos necessários, laudo de vistoria da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos. 

Confira o calendário de vistoria da Delegacia de Roubos e Furtos, clicando aqui.

Vistoria por veículo (até 09 lugares ou 3500Kg) - R$ 59,27

Vistoria por veículo (mais de 09 lugares ou 3500kg) - R$ 72,91

Autorização de qualquer natureza - R$ 40,61

Transferência - R$ 116,74

Segunda via de CRV - R$ 97,76

Baixa de gravame - R$ 106,76

Primeiramente, a propriedade do veículo deve ser transferida para os herdeiros e, em seguida, se for o caso, para terceiros.

Veículo de proprietário falecido

Obtenção do inventário

seta

Vistoria do veículo

seta

Atendimento pós-vistoria

Os herdeiros devem providenciar judicialmente o inventário dos bens do falecido.

Na sede do DETRAN-PE ou em uma das Circunscrições Regionais de Trânsito Especiais (CIRETRANs Especiais). 

Agende a Vistoria Prévia e o Atendimento pós-vistoria, clicando aqui.

Não definido.

Vistoria por veículo (até 09 lugares ou 3500Kg) - R$ 59,27

Vistoria por veículo (mais de 09 lugares ou 3500kg) - R$ 72,91

Autorização de qualquer natureza - R$ 40,61

Transferência - R$ 116,74

Segunda via de CRV - R$ 97,76

Baixa de gravame - R$ 106,76

Veículo de aluguel do município de Paulista

Preenchimento da ATPV impressa

seta

Etapa no cartório (assinaturas e reconhecimento de firma)

seta

Vistoria do veículo

seta

Atendimento pós-vistoria

A Autorização para Transferência de Propriedade (ATPV), documento necessário para realizar a Transferência da Propriedade, pode ser assinada eletronicamente pelo comprador e pelo vendedor do veículo, por meio do aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT).

Saiba se você está apto a realizar a Venda Digital e como fazer, clicando aqui.

Depois da assinatura digital da ATPV, o comprador deve realizar a Vistoria do veículo e agendar o atendimento pós-vistoria para o DETRAN-PE.

O vendedor deverá providenciar a ATPV impressa. Agende atendimento, clicando aqui.

O comprador e o vendedor do veículo devem se dirigir ao cartório para assinar a ATPV e fazer o reconhecimento de firma das assinaturas por autenticidade.

Depois da etapa do cartório, o comprador deve realizar a Vistoria do veículo e agendar o atendimento pós-vistoria para o DETRAN-PE.

  • Autorização para Transferência de Propriedade (ATPV). Saiba como obter a ATPV, clicando aqui.
  • Original e cópia de documento oficial de identificação, contendo foto, em bom estado de conservação e CPF. No caso de empresa e outros tipos de Pessoa Jurídica, acrescentar o CNPJ com contrato social ou estatuto e ata de nomeação da diretoria (original e cópia). 
  • Comprovante de residência atualizado. 
  • Laudo de vistoria do DETRAN-PE. 
  • Caso o valor do veículo seja superior a R$ 73.161,88 (setenta e três mil cento e sessenta e um reais e oitenta e oito centavos), é exigida Certidão Negativa de Débito (CND) da empresa conforme Portaria Interministerial MPS/MF Nº 477/2021, publicada no D.O.U em 13/01/2021). Para obter a CND, acesse o site da Receita Federal. 
  • Ofício da Prefeitura.
  • Alvará da Prefeitura.
  • Outros documentos que forem necessários, a critério do DETRAN-PE.

No caso de veículos de outro estado, o procedimento é basicamente o mesmo. Será necessário acrescentar à lista de documentos necessários, laudo de vistoria da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos. 

Confira o calendário de vistoria da Delegacia de Roubos e Furtos, clicando aqui.

Depois da assinatura digital da ATPV, impressa ou digital, o comprador deve realizar a Vistoria do veículo e agendar o atendimento pós-vistoria para a sede do DETRAN-PE ou para uma das Circunscrições Regionais de Trânsito Especiais (CIRETRANs Especiais). 

A Transferência de Propriedade deve ser realizada por quem comprou o veículo, em no máximo 30 dias, contados a partir da data da assinatura da ATPV. Caso isso não aconteça, o comprador do veículo receberá uma multa aplicada pelo sistema do DETRAN-PE.

No caso de veículos de outro estado, o procedimento é basicamente o mesmo. Será necessário acrescentar à lista de documentos necessários, laudo de vistoria da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos. 

Confira o calendário de vistoria da Delegacia de Roubos e Furtos, clicando aqui.

Vistoria por veículo (até 09 lugares ou 3500Kg) - R$ 59,27

Vistoria por veículo (mais de 09 lugares ou 3500kg) - R$ 72,91

Autorização de qualquer natureza - R$ 40,61

Transferência - R$ 116,74

Segunda via de CRV - R$ 97,76

Baixa de gravame - R$ 106,76

Veículo de Leilão

Preenchimento e assinatura eletrônicos da ATPV por meio do aplicativo CDT

seta

Vistoria do veículo

seta

Atendimento pós-vistoria

Preenchimento da ATPV impressa

seta

Etapa no cartório (assinaturas e reconhecimento de firma)

seta

Vistoria do veículo

seta

Atendimento pós-vistoria

A Autorização para Transferência de Propriedade (ATPV), documento necessário para realizar a Transferência da Propriedade, pode ser assinada eletronicamente pelo comprador e pelo vendedor do veículo, por meio do aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT).

Saiba se você está apto a realizar a Venda Digital e como fazer, clicando aqui.

Depois da assinatura digital da ATPV, o comprador deve realizar a Vistoria do veículo e agendar o atendimento pós-vistoria para o DETRAN-PE.

O vendedor deverá providenciar a ATPV impressa. Agende, clicando aqui.

O comprador e o vendedor do veículo devem se dirigir ao cartório para assinar a ATPV e fazer o reconhecimento de firma das assinaturas por autenticidade.

Depois da etapa do cartório, o comprador deve realizar a Vistoria do veículo e agendar o atendimento pós-vistoria para o DETRAN-PE.

  • Autorização para Transferência de Propriedade (ATPV). Saiba como obter a ATPV, clicando aqui.
  • Original e cópia de documento oficial de identificação, contendo foto, em bom estado de conservação e CPF. No caso de empresa e outros tipos de Pessoa Jurídica, acrescentar o CNPJ com contrato social ou estatuto e ata de nomeação da diretoria (original e cópia). 
  • Comprovante de residência atualizado. 
  • Laudo de vistoria do DETRAN-PE. 
  • Caso o valor do veículo seja superior a R$ 73.161,88 (setenta e três mil cento e sessenta e um reais e oitenta e oito centavos), é exigida Certidão Negativa de Débito (CND) da empresa conforme Portaria Interministerial MPS/MF Nº 477/2021, publicada no D.O.U em 13/01/2021). Para obter a CND, acesse o site da Receita Federal. 
  • Outros documentos que forem necessários, a critério do DETRAN-PE.

    • Nota de venda
    • Recibo do Leiloeiro Oficial  
    • Edital de Publicação
    • Decalque ou anotação do número do motor, atestados pelo Leiloeiro.
    • Termo Judicial de Reintegração de Posse ou Termo de Devolução Amigável, se for o caso. 
  • No caso de leilão promovido por órgão público, sem a participação de leiloeiro oficial, trazer também: 

    • Cópias da lei que autorizou o leilão, do edital e da ata da realização do leilão, todas autenticadas em cartório.
    • No caso de leilão realizado por prefeituras municipais, também é preciso apresentar a Lei Orgânica do Município.
    • Outros documentos que forem necessários, a critério do DETRAN-PE. 

No caso de veículos de outro estado, o procedimento é basicamente o mesmo. Será necessário acrescentar à lista de documentos necessários, laudo de vistoria da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos.

Confira o calendário de vistoria da Delegacia de Roubos e Furtos, clicando aqui.

Depois da assinatura digital da ATPV, impressa ou digital, o comprador deve realizar a Vistoria do veículo e agendar o atendimento pós-vistoria para a sede do DETRAN-PE ou para uma das Circunscrições Regionais de Trânsito Especiais (CIRETRANs Especiais). 

A Transferência de Propriedade deve ser realizada por quem comprou o veículo, em no máximo 30 dias, contados a partir da data da assinatura da ATPV. Caso isso não aconteça, o comprador do veículo receberá uma multa aplicada pelo sistema do DETRAN-PE.

No caso de veículos de outro estado, o procedimento é basicamente o mesmo. Será necessário acrescentar à lista de documentos necessários, laudo de vistoria da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos. 

Confira o calendário de vistoria da Delegacia de Roubos e Furtos, clicando aqui.

Vistoria por veículo (até 09 lugares ou 3500Kg) - R$ 59,27

Vistoria por veículo (mais de 09 lugares ou 3500kg) - R$ 72,91

Autorização de qualquer natureza - R$ 40,61

Transferência - R$ 116,74

Segunda via de CRV - R$ 97,76

Baixa de gravame - R$ 106,76

Este atendimento pode ser realizado por procuração. Acesse o modelo da Procuração e as regras, clicando aqui.

Veículo de autoescola

Preenchimento e assinatura eletrônicos da ATPV por meio do aplicativo CDT

seta

Vistoria do veículo

seta

Atendimento pós-vistoria

Preenchimento da ATPV impressa

seta

Etapa no cartório (assinaturas e reconhecimento de firma)

seta

Vistoria do veículo

seta

Atendimento pós-vistoria

A Autorização para Transferência de Propriedade (ATPV), documento necessário para realizar a Transferência da Propriedade, pode ser assinada eletronicamente pelo comprador e pelo vendedor do veículo, por meio do aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT).

Saiba se você está apto a realizar a Venda Digital e como fazer, clicando aqui.

Depois da assinatura digital da ATPV, o comprador deve realizar a Vistoria do veículo e agendar o atendimento pós-vistoria para o DETRAN-PE.

O vendedor deverá providenciar a ATPV impressa. Agende, clicando aqui.

O comprador e o vendedor do veículo devem se dirigir ao cartório para assinar a ATPV e fazer o reconhecimento de firma das assinaturas por autenticidade.

Depois da etapa do cartório, o comprador deve realizar a Vistoria do veículo e agendar o atendimento pós-vistoria para o DETRAN-PE.

  • Autorização para Transferência de Propriedade (ATPV). Saiba como obter a ATPV, clicando aqui.
  • Original e cópia de documento oficial de identificação, contendo foto, em bom estado de conservação e CPF. No caso de empresa e outros tipos de Pessoa Jurídica, acrescentar o CNPJ com contrato social ou estatuto e ata de nomeação da diretoria (original e cópia). 
  • Comprovante de residência atualizado. 
  • Laudo de vistoria do DETRAN-PE. 
  • Caso o valor do veículo seja superior a R$ 73.161,88 (setenta e três mil cento e sessenta e um reais e oitenta e oito centavos), é exigida Certidão Negativa de Débito (CND) da empresa conforme Portaria Interministerial MPS/MF Nº 477/2021, publicada no D.O.U em 13/01/2021). Para obter a CND, acesse o site da Receita Federal. 
  • Outros documentos que forem necessários, a critério do DETRAN-PE.

No caso de veículos de outro estado, o procedimento é basicamente o mesmo. Será necessário acrescentar à lista de documentos necessários, laudo de vistoria da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos.

Confira o calendário de vistoria da Delegacia de Roubos e Furtos, clicando aqui.

Depois da assinatura digital da ATPV, impressa ou digital, o comprador deve realizar a Vistoria do veículo e agendar o atendimento pós-vistoria para a sede do DETRAN-PE ou para uma das Circunscrições Regionais de Trânsito Especiais (CIRETRANs Especiais). 

A Transferência de Propriedade deve ser realizada por quem comprou o veículo, em no máximo 30 dias, contados a partir da data da assinatura da ATPV. Caso isso não aconteça, o comprador do veículo receberá uma multa aplicada pelo sistema do DETRAN-PE.

No caso de veículos de outro estado, o procedimento é basicamente o mesmo. Será necessário acrescentar à lista de documentos necessários, laudo de vistoria da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos. 

Confira o calendário de vistoria da Delegacia de Roubos e Furtos, clicando aqui.

Vistoria por veículo (até 09 lugares ou 3500Kg) - R$ 59,27

Vistoria por veículo (mais de 09 lugares ou 3500kg) - R$ 72,91

Autorização de qualquer natureza - R$ 40,61

Transferência - R$ 116,74

Segunda via de CRV - R$ 97,76

Baixa de gravame - R$ 106,76

Este atendimento pode ser realizado por procuração. Acesse o modelo da Procuração e as regras, clicando aqui.

CONSULTA OU CANCELAMENTO DE AGENDAMENTOS E SERVIÇOS

Para consultar ou cancelar serviços e agendamentos clique no botão abaixo

Consultar ou cancelar

Consulta de CNH e de Veículos

Para consultar informações relativas à CNH,
informe seu CPF.
Para consultar informações relativas ao veículo,
informe a placa.

Informe um CPF ou PLACA válido!

Acompanhe o andamento de processos relativos a Veículos, Habilitação e Infrações, além de avisos sobre pendências e prazos.

Consultar protocolo

SEMPRE ALERTA