Informe a placa e clique no botão abaixo para consulta sobre Licenciamento e multas.
Digite uma placa

mais serviços sobre Veículo

Informe o CPF e clique no botão para consulta sobre emissão da CNH, pontuação, etc:
Digite um CPF

mais serviços sobre Habilitação

Informe o protocolo:
Digite um protocolo
Acompanhe o andamento de processos relativos a Veículos, Habilitação e Infrações, além de avisos sobre pendências e prazos.

    Não fui aprovado no exame prático/ teórico para CNH

    Nos casos de inaptidão (reprovação), no exame teórico ou no exame prático de direção veicular, quantas vezes posso refazer esses exames? Qual o intervalo mínimo para refazer?

    De acordo com a Legislação em vigor (Resolução 168/04 do CONTRAN), o processo de obtenção da 1ª Habilitação tem validade de 12(doze) meses, contados da data de abertura do serviço no DETRAN.

    Durante esses doze meses de validade, o candidato cujo resultado dos exames teórico e/ou prático for “INAPTO” (reprovado), pode refazer os exames (teórico e prático), de acordo com os seguintes parâmetros:

    • Após ser reprovado no exame teórico, o candidato pode agendar o reteste no site do DETRAN-PE.
    • Após ser reprovado no exame prático de direção veicular, o candidato pode agendar o reteste no site do DETRAN-PE.
    • O intervalo mínimo para refazer o exame teórico é de quinze (15) dias entre um exame e outro.
    • O intervalo mínimo para refazer o exame prático é de quinze (15) dias entre um exame e outro.
    • Após a segunda (2a) reprovação no exame prático de direção veicular, o candidato só poderá refazer o exame prático após ter duas horas de aula prática de reforço. Isso para cada vez que precisar refazer o exame prático (Portaria DP/DETRAN Nº 7812/2016).

    Terminado o prazo de validade de doze meses do processo para obtenção da Primeira Habilitação, o que devo fazer para reabrir o processo?

    Excepcionalmente, a critério do DETRAN-PE, o prazo de doze meses de validade do processo de Primeira Habilitação pode ser prorrogado uma única vez por igual período.

    Esta será a última oportunidade que o usuário terá para solicitar a reabertura do serviço de Primeira Habilitação.

    Ao reabrir o processo, fica facultado ao Detran-PE o aproveitamento de alguns eventos, conforme disposto a seguir:

    • Exame Médico: será reaproveitado. Não é necessário fazê-lo novamente;*
    • Avaliação Psicológica: será reaproveitada. Não é necessário fazê-la novamente;*
    • Aulas teóricas e práticas no Centro de Formação de Condutores (CFC): Serão reaproveitadas. NÃO é necessário fazê-las novamente.
    • Exame teórico e Exame prático de direção veicular: é necessário fazê-los novamente. Não serão reaproveitados, mesmo nos casos em que candidato a CNH na categoria AB (moto e carro), tenha sido aprovado em uma delas.


    Para reabrir o processo de Primeira Habilitação, basta agendar o atendimento de Primeira Habilitação no site do DETRAN-PE. 

    Importante

    • Após a segunda (2a) reprovação no exame prático de direção veicular, o candidato só poderá refazer o exame prático depois de ter duas horas de aula prática de reforço. Isso para cada vez que precisar refazer o exame prático (Portaria DP/DETRAN Nº 7812/2016).
    • * A critério dos médicos e psicólogos credenciados pelo DETRAN-PE, o Exame Médico e a Avaliação Psicológica podem ocorrer a qualquer tempo.

    Após o prazo máximo e excepcional de prorrogação, de 12 meses, o que acontece com o candidato que quiser reabrir o processo de Primeira Habilitação?

    Neste caso, ao reabrir o processo, o candidato terá de refazer todas as etapas necessárias à obtenção da Primeira Habilitação. Saiba quais são essas etapas no tópico “Etapas do processo de Habilitação”.

    Decorrido o prazo de prorrogação de 12 meses, não há possibilidade de aproveitamento de nenhum evento oriundo de processos anteriores.