ACESSO RESTRITO

Exclusivamente para credenciados e parceiros devidamente cadastrados no DETRAN-PE.

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Veículo roubado/ furtado

1 - O que devo fazer se meu veículo for roubado/furtado?

  • 1ª providência: ligar imediatamente para o 190, serviço de socorro às vítimas de violência, para informar o ocorrido.
  • 2ª providência: Ir, o mais breve possível, a uma delegacia, preferencialmente a Delegacia de Polícia de Roubos e Furtos de Veículos, e prestar queixa.

Importante

Não é necessário procurar o DETRAN-PE em caso de veículo roubado. Fica a cargo da Delegacia informar o roubo ao DETRAN-PE, após o registro do Boletim de Ocorrência (BO).

2 - Se meu veículo for roubado em Pernambuco, mas é registrado em outro estado (outra UF), qual o procedimento a ser feito?

Independentemente de onde o veículo é registrado e de onde aconteceu o roubo/furto, o procedimento a ser adotado é o mesmo descrito na pergunta “O que devo fazer se meu veículo for roubado/furtado?”.

3 - O que devo fazer junto ao DETRAN-PE quando meu veículo for roubado/furtado?

Não é necessário procurar o DETRAN-PE em caso de veículo roubado/furtado. Fica a cargo da Delegacia informar o roubo ao DETRAN-PE, após o registro do Boletim de Ocorrência (BO).

4 - Como fica o pagamento IPVA e demais débitos do veículo no caso de o veículo ser roubado?

Os débitos correspondentes ao período entre a ocorrência do roubo/furto e a recuperação do veículo ficam em suspenso no período entre o registro da ocorrência do roubo e a recuperação do veículo.

IMPORTANTE

  • Os débitos do veículo existentes anteriormente à ocorrência do roubo/furto continuam ativos e devem ser pagos de acordo com os prazos definidos em Lei.
  • Imediatamente após a recuperação do veículo, o cidadão deve regularizar o Licenciamento do Veículo, obrigatório para a locomoção.
  • Para informações sobre restituição do IPVA no caso de veículo roubado, clique aqui e aqui.
5 - O que devo fazer para obter a Certidão de Registro de Roubo e Furto?
O pedido deverá ser realizado junto à Justiça e ou Delegacia na qual foi registrado o boletim de ocorrência.