SERVIÇOS RESTRITOS

Exclusivamente para credenciados e parceiros devidamente cadastrados no DETRAN-PE.

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Você está em: Página Inicial > Notícias e Mídias > Notícias > Dicas de como se deve transportar um animal corretamente
Dicas de como se deve transportar um animal corretamente

É normal que as pessoas carreguem seus animais de estimação em passeios ou viagens de carro. Mas é necessário ter cuidado e seguir o que ordena a legislação de trânsito, tanto para a segurança do animal, como dos demais passageiros. O Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (DETRAN-PE) esclarece esses cuidados que se deve ter ao dirigir levando animais.

 

Conforme um estudo realizado pela Sociedade União Infantil Protetora dos Animais, hipoteticamente se um carro a 50 km/h se choca em outro veículo com um cachorro de 10 kg no banco de trás, e sendo transportado sem os devidos cuidados, o animal é jogado para frente com um impacto que equivale a 4 mil kg.

 

Que cuidados especiais devemos ter com os cães?

Para os cachorros, em viagens longas, o recomendável é levar uma caixa de transporte. Já para passeios rápidos deve-se utilizar o cinto peitoral que fica preso ao cinto de segurança do carro e não machuca o animal. Já sobre o transporte de gatos (que se assustam mais facilmente) é correto transportar apenas em caixas de transporte. Peixes devem viajar somente em sacos plásticos e pássaros em gaiolas. As caixas devem ser adquiridas de acordo com o tamanho e peso dos animais. Essas informações precisam ser consultadas junto ao fabricante ou vendedor para que se faça o uso adequado e seguro.

 

Sobre as penalidades

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), artigo 235, carregar animais nas partes externas do veículo é considerada infração grave. Além de somar 5 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), o condutor paga multa de R$195,23, e pode ter o carro retido como medida administrativa até que se regularize a situação. Já conforme o artigo 252 do CTB, o condutor flagrado dirigindo com animais à sua esquerda, entre os braços ou pernas, é punido com 4 pontos na CNH. A infração é média e a multa tem o valor de R$130,16.